Seminários

Seminários passados

Palestrante: Bruno Gola, Gianfranco Ceccolini e Rodrigo Ladeira
Data e hora: qua, 05/06/2013 - 16:00
Local: Sala B-101 do IME/USP
Resumo:

MOD é um processador e controlador de plugins LV2 baseado em Linux. Músicos podem acessá-lo via bluetooth e gerenciar suas pedaleiras estabelecendo conexões digitais internas entre as fontes de áudio, plugins e saídas de áudio. Depois que uma pedaleira é salva, pode ser compartilhada com outros usuários na rede social MOD. Os componentes do software são Open Source, o que significa que você também pode usá-lo em qualquer máquina com Linux, não somente no hardware do MOD. A apresentação tem como objetivo introduzir o dispositivo à comunidade e discutir como seu desenvolvimento pode interagir com o desenvolvimento de plugins e o desenvolvimento do padrão LV2.

Palestrante: Gilmar Dias
Data e hora: qua, 29/05/2013 - 16:00
Local: Sala B-101 do IME/USP
Resumo:

Neste seminário, abordaremos duas novas ferramentas de manipulação de áudio. Na primeira parte, apresentaremos a linguagem de programação ChucK. Voltada para composição, análise e síntese de áudio em tempo real, a linguagem utiliza um modelo de programação concorrente com ênfase no controle temporal. ChucK ainda oferece a possibilidade de adicionar/alterar código durante a execução. Em seguida, iremos apresentar o framework TAPESTREA, projetado para analisar, transformar e sintetizar sons complexos interativamente. Além de sua interface gráfica própria, o software pode ser controlado por scripts ChucK.

Palestrante: Fernando Iazzetta
Data e hora: qua, 22/05/2013 - 16:30
Local: Auditório Jacy Monteiro, Bloco B do IME/USP
Resumo:

A partir da experiência do projeto Mobile vamos levantar algumas questões referentes às ferramentas e interfaces tecnológicas utilizadas na criação musical. Serão apresentados alguns exemplos de utilização de ferramentas tecnológicas nas produções do grupo e abordados alguns problemas que surgem entre as demandas artísticas e as tecnologias disponíveis. Em especial vamos apontar o aspecto da interação entre os projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico e a produção artística experimental.

Palestrante: André Jucovsky Bianchi
Data e hora: qua, 08/05/2013 - 16:00
Local: Sala B-101 do IME/USP
Resumo:

Neste trabalho de mestrado estão sendo exploradas diferentes possibilidades de processamento de áudio em tempo real utilizando plataformas com alta disponibilidade e relativamente baixo custo.

Arduinos são estruturas minimais para interação com microcontroladores da família ATmega e são geralmente utilizados como interface de controle de outros dispositivos elétricos ou eletrônicos. Por possuir pinos com capacidade ADC e DAC, pode ser utilizado para capturar, processar e emitir sinais analógicos.

GPUs são placas de processamento paralelo cuja estrutura é uma evolução da pipeline tradicional de processamento gráfico. Possuem centenas de processadores que operam em paralelo em uma memória própria. Podem, portanto, operar em diversos canais ao mesmo tempo ou utilizar propriedades inerentemente paralelas de alguns algoritmos de processamento de áudio.

Dispositivos móveis estão cada vez mais presentes e, por possuir capacidade de captura e emissão de áudio, podem ser explorados como plataformas de processamento em tempo real. Neste contexto é interessante realizar uma análise de desempenho para comparação de diferentes dispositivos móveis em tarefas comuns de processamento de áudio.

Neste seminário apresentaremos as plataformas descritas acima e resultados obtidos na realização de processamento de áudio em tempo real em cada uma delas.

Palestrante: Danilo de Jesus da Silva Bellini
Data e hora: qua, 24/04/2013 - 16:00
Local: -
Resumo:

AudioLazy = DSP (Digital Signal Processing) + expressividade + tempo real + Python puro. Trata-se de um pacote desenvolvido para o processamento, análise e síntese de áudio que visa ser utilizado tanto em tarefas de prototipação e simulação como em aplicações com exigência de processamento em tempo real. Este seminário visa apresentar a AudioLazy, os objetivos de projeto, aspectos da representação digital do som e seus impactos, relações entre a expressividade e a implementação, além de diversos exemplos de aplicações. Entre os assuntos abordados, incluem-se estratégias de armazenamento e avaliação de valores, filtros gammatone, transformadas Z e DTFT, MIR (Music Information Retrieval) e processamento de sequências de símbolos.

https://pypi.python.org/pypi/audiolazy

Páginas

Subscribe to Próximos seminários Subscribe to Seminários passados